Cadastre-se para receber novidades
Notícias » Notícias » Notícias » Notícias » Bento XVI nomeia três novos bi...
A↑AA↓

Bento XVI nomeia três novos bispos auxiliares para o Brasil

Por: Família Missionária

O papa Bento XVI realizou nesta quarta-feira (21) três nomeações de bispos e uma transferência para a Igreja no Brasil.

O Pontifece nomeou como bispo auxiliar de Belo Horizonte (MG), o monsenhor João Justino de Medeiros Silva. E como bispos auxiliares de Vitória (ES): padre Joaquim Waldimir Lopes Dias, atualmente Vigário Geral da Diocese de Jundiaí (SP) e o frei Rubens Sevilha, atualmente Provincial dos Carmelitas Descalços no Sudeste do Brasil.

Monsenhor João Justino de Medeiros Silva - Filho da cidade de Juiz de Fora, ingressou no Seminário em 1984. Graduou-se em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Juiz de Fora e em Pedagogia pelo CES/JF. Foi ordenado presbítero em 13 de dezembro de 1992. Continuou sua formação teológica na Universidade Gregoriana em Roma onde obteve, em 1997, o título de Mestre e, em 2003, de Doutor em Teologia. Na arquidiocese de Juiz de Fora (MG) fez o seguinte itinerário: exerceu o ministério de pároco-solidário na Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Benfica e da paróquia Bom Pastor.

Desde 2004 é vigário paroquial da paróquia São Pedro e exerceu três mandatos como vigário da forania Santo Antonio. Foi formador no Centro Vocacional Nossa Senhora da Conceição, professor do Curso de Teologia do CES/ITASA, vice-reitor e reitor do Seminário Arquidiocesano.

Em 2010, foi nomeado Vigário Episcopal para a Cultura, Educação e Juventude. Além de membro secretário do Colégio dos Consultores, Monsenhor João Justino trabalhou como assessor da Comissão Episcopal Pastoral da CNBB e desde 2007 é membro do grupo de teólogos peritos da referida Comissão. Foi secretário da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB) do regional Leste II da CNBB. É professor visitante do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Rosário de Caratinga (MG).

Monsenhor Joaquim Waldimir Lopes Dias – Nasceu em Cafelândia (SP), estudou em sua cidade e em Bauru (SP) antes de ir para a Faculdade em Jundiaí (SP), aonde cursou administração de empresas. Estudou teologia em São Paulo e foi ordenado no dia 12 de dezembro de 1997, em Jundiai. Co-diretor do Cursilho de Cristandade por um ano e diretor até os dias atuais. Foi vigário das paróquias São Sebastião, em Itupeva (SP) e Nova Jerusalém, em Jundiai. Pároco da paróquia São Francisco de Assis em Campo Limpo Paulista (SP), da paróquia Nossa Senhora da Piedade em Várzea Paulista (SP) e da paróquia São Roque em Jundiai. Foi presbítero a serviço da Diaconia Territorial Santo Antonio em Campo Limpo Paulista e vice-reitor e reitor do Seminário de Filosofia e Teologia Nossa Senhora do Desterro, em Jundiai. Monsenhor Joaquim Waldimir também foi Administrador Diocesano e Vigário geral da diocese de Jundiai.

Monsenhor Rubens Sevilha - É membro da Ordem dos Carmelitas Descalços (OCD). Nascido em Taraby (SP), cursou Filosofia na Faculdade Nossa Senhora Medianeira dos Jesuítas em São Paulo e Teologia no Colégio Teológico Internacional do Teresianum em Roma. Foi ordenado em 19 de outubro de 1985 e exerceu as seguintes atividades: Mestre dos postulantes, em Caratinga (MG); Mestre de noviços, em São Roque(SP); Provincial dos Carmelitas Descalços no Sudeste do Brasil em 1996. Assistente Espiritual da Associação Santa Teresa das Monjas Carmelitas Descalças; conselheiro da província e pároco da paróquia Santa Terezinha de Higienópolis, em São Paulo; reitor da Basílica de Santa Teresinha no Rio de Janeiro e, novamente, provincial dos Carmelitas Descalços no Sudeste do Brasil.

Leia a saudação da CNBB:


Saudações aos novos bispos auxiliares de Belo Horizonte e de Vitória.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) acolhe, com alegria, a nomeação dos três novos bispos auxiliares anunciados nesta quarta-feira, 21 de dezembro, pela Santa Sé: João Justino de Medeiros para arquidiocese de Belo Horizonte (MG) e Joaquim Wladimir Lopes Dias e Rubens Sevilha para arquidiocese de Vitória (ES).

Aos três novos bispos enviamos os mais cordiais cumprimentos pelo generoso sim à nova missão que a Igreja lhes confia. Na comunhão episcopal, nos colocamos em espírito de oração para pedir pelo êxito da pastoral que realizarão em auxílio aos arcebispos de Belo Horizonte e de Vitória.

Monsenhor João Justino deixa a arquidiocese de Juiz de Fora (MG) depois de realizar um proveitoso itinerário como professor, pároco e formador. Monsenhor Joaquim Wladimir vai para Vitória depois de um caminho de muito entusiasmo e longa prestação de serviços ao povo da diocese de Jundiaí (SP) e Monsenhor Rubens Sevilha leva para o episcopado toda a significativa caminhada religiosa junto aos seus irmãos Carmelitas Descalços no Sudeste do Brasil.

Unimo-nos às comunidades das arquidioceses que recebem os novos bispos para entoar um canto de ação de graças pela chegada de cada um deles e confiamos à Nossa Senhora, o ministério de todos.


Brasília, 21 de dezembro de 2011

Dom Leonardo Ulrich Steiner

Bispo Auxiliar de Brasília

Secretário Geral da CNBB

 
Fonte: CNBB 

 

 

 

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on