Cadastre-se para receber novidades
Artigos » Eventos » Eventos Sub » Artigos » Bendito quem confia no senhor ...
A↑AA↓

Bendito quem confia no senhor - Pe. Luiz Carlos de Oliveira

Por: Família Missionária

O evangelho de Mateus proclama, neste domingo, as  bem-aventuranças. O termo bem-aventurado ou feliz usado por Jesus, nós o encontramos no salmo primeiro que é a síntese de todo o saltério: “Feliz é todo aquele que não anda conforme os conselhos dos perversos; que não entra no caminho dos malvados” (Sl 1,1). Importante é confiar no Senhor. Isto é ser pobre. Felizes os pobres! Deus tem atitudes de libertação e de socorro dos humildes, como se revela na libertação do Egito, no socorro dos humilhados e perseguidos da história do povo. No canto de Ana (1Sm 2,1ss) e de Maria (Lc 1,51-53) encontramos a proclamação: os pobres enriquecem e os ricos passam fome. É esse o projeto de Deus? Como devemos entender? A riqueza escorre entre os dedos, como lemos na parábola do rico (Lc 12,19). 

O que nos faz pobres, como quer Jesus,  é a riqueza que se torna socorro dos pobres, com lemos no texto do juizo final (Mt 25,34-43). O mundo moderno é rico, mas não entende que sua riqueza é para tomar a atitude de Jesus que se fez pobre para nos enriquecer com sua pobreza (2Cor 8,9). Assim temos as demais bem-aventuranças da fome que será saciada, da lágrima enxugada e da perseguição vencida. Não podemos entender o termo pobre como aquele que passa necessidades, ou que é feito assim pelos outros, pois Jesus veio para tirá-los desta situação de sofrimento. Veio dar a boa-notícia aos pobres (Lc 4,18ss). Ser pobre não está nos planos de Deus para nós. O que Jesus chama de pobre? São os que se fazem pobres para dar vida aos pobres. Esse é feliz porque assume a mesma condição de Jesus. Maria não quis dizer que os pobres iriam ficar ricos para oprimirem. D. Helder explica; “Nem pobres, nem ricos, mas todos irmãos”.
 
Pe. Luiz Carlos de Oliveira
Redentorista

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on