Cadastre-se para receber novidades
Artigos » Eventos » Eventos Sub » Artigos » Solenidade de Todos os Santos ...
A↑AA↓

Solenidade de Todos os Santos - Cônego celso Pedro da Silva

Por: Família Missionária

Celebramos hoje, numa só festa, os méritos de todos os santos. Agradecemos a Deus pelo exemplo e pela intercessão destes e destas que nos ensinam a não termos medo de ser diferentes e remarmos contra a corrente num mundo obscurecido por interesses mesquinhos. Há gente boa e muito boa ao nosso redor, companheiros de caminhada, que não reforçam o mal; ao contrário, mantêm vivos os sonhos e dedicam-se a torná-los realidade.Quem são e quantos são?Segundo o Apocalipse, são 144 mil ou uma multidão imensa. Uma geração inteira de mãos puras e inocente coração, que busca a face do Senhor, canta o Salmista. Verdadeiros filhos de Deus, diz São João, que vivem no dia a dia as bem-aventuranças do Evangelho de Mateus. Homens e mulheres que viveram de forma heróica as virtudes teologais da fé, da esperança e da caridade, e as virtudes cardeais da prudência, da justiça, da fortaleza e da temperança. Alguns derramaram seu sangue pela causa de Deus na verdade e na justiça.

Numa das entradas da Abadia de Westminster em Londres, na Inglaterra, foram colocadas dez estátuas em homenagem a dez mártires do século 20. A abadia pertence hoje à Igreja Anglicana e as estátuas representam personalidades cristãs de vários cantos do mundo. Entre elas destacam-se dois católicos: São Maximiliano Kolbe e Dom Oscar Romero. É uma alegria para os católicos ver o reconhecimento prestado pela Igreja da Inglaterra a estes dois homens, sobretudo a Dom Oscar Romero, cujo martírio ainda não foi reconhecido oficialmente pela sua própria Igreja.

As estátuas pretendem representar aqueles que morreram em circunstâncias de opressão e perseguição em todos os continentes e de todas as denominações cristãs. Estão colocadas na seguinte ordem: Maximiliano Kolbe, da Polônia, frade católico, vítima dos nazistas; Manche Masemola, da África do Sul, anglicana, assassinada aos 15 anos de idade por seus próprios pais; Janani Luwum, de Uganda, bispo anglicano, vítima de Idi Amin, um governante conhecido por suas loucuras; grã-duquesa Elizabete da Rússia, ortodoxa, morta na revolução bolchevista. É dela a frase: “Estou deixando um mundo brilhante onde tive uma brilhante posição, mas com todos vocês estou descendo para um mundo maior – o mundo dos pobres e dos sofredores”. Martin Luther King Jr., dos Estados Unidos, pastor batista, vítima do capitalismo racista. Dizia ele: “Se a morte física é o preço que devo pagar para tornar livres meus irmãos e minhas irmãs da permanente morte do espírito, nada poderia ser mais redentor”. Oscar Romero, de El Salvador, bispo católico, assassinado pelas forças militares capitalistas de seu país, durante a celebração da Santa Missa; Dietrich Bonhoeffer, da Alemanha, pastor luterano, foi enforcado pelos nazistas. Esther John, do Paquistão, presbiteriana, brutalmente assassinada por fanáticos muçulmanos; Lucian Tapiedi, da Papuásia Nova Guiné, anglicano, morto com 333 cristãos, dos quais 198 católicos, quando os japoneses invadiram a ilha; Wang Zhiming, pastor evangélico, vítima da Guarda Vermelha chinesa.

Fonte: FC Online
 

 

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on