Cadastre-se para receber novidades
Artigos » Eventos » Eventos Sub » Artigos » Apesar da dificuldade é possív...
A↑AA↓

Apesar da dificuldade é possível viver com esperança, carinho e amor - Pe. José Felix Urbina

Por: Família Missionária

Às vezes nos perguntamos sobre as pessoas que tem filhos deficientes. Sobre isto não há dica nenhuma. Quando se espera um filho se espera com alegria e já se vão criando uma série de idéias sobre o bebê. Mas, quando nasce uma criança deficiente aparecem logo sentimentos de culpa e de dor.

Às vezes, há o pensamento de que é um castigo de Deus e muita preocupação de que no futuro não se possa conceber mais filhos normais. Enfim, sentimentos de rejeição, de revolta ou até de abandono. Se há mais filhos no casal, esses podem se ressentir pela maior e assídua atenção que requer o filho deficiente, pensando ser de menor importância para os pais.

Quem é uma pessoa deficiente? O que tem apenas os sentidos limitados, o intelecto, a motricidade, ou, o controle emocional. Apesar da dificuldade, é possível viver com esperança, carinho, e amor. Muitas famílias vivem essa realidade e nos dão o testemunho de sua caminhada com um filho deficiente.

Temos pessoas no nosso bairro que nem levam seus filhos na rua pelo que falaram os outros, até temos casos de famílias que tem várias crianças deficientes. A realidade é que precisamos dar uma atenção especial, como? Em primeiro lugar com o que vem a se chamar estimulação primária, ou seja, começar a estimular a criança desde cedo para depois poder levar uma vida normal. Para isso é bom recorrer a profissionais que possam nos ajudar a descobrir como essa criança pode ser mais bem assistida no seu desenvolvimento.

A idéia do castigo de Deus tem que ser rejeitada. Geneticamente existe essa possibilidade ou por uma má gestação, por um mal parto ou até mesmo uma doença na infância... Muitas coisas podem acontecer. O cuidado destas crianças é fundamental, assim como a união das famílias de filhos com deficiência que podem se ajudar mutuamente a conhecer novos dados e até técnicas para ajudar no crescimento e estimulação dos filhos.

Pe. José Félix Urbina

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on