Cadastre-se para receber novidades
Artigos » Eventos » Eventos Sub » Artigos » Fé e Ressurreição - Dom Aldo P...
A↑AA↓

Fé e Ressurreição - Dom Aldo Pagotto

Por: Família Missionária

A Ressurreição de Cristo fundamenta a fé cristã. A vida nova para a humanidade fundamenta-se na Ressurreição do Senhor da vida e da história. A Ressurreição de Cristo é fato, é certeza, porquanto a presença rediviva do ressurreto manifesta-se a nós pela participação na sua vida. A fé cristã alimenta-se da presença do seu autor, o Senhor que superou a morte de cruz e que ora e sempre se manifesta à humanidade, atuando na história pelo seu Espírito que habita nos filhos e filhas do Pai. A existência da Igreja justifica-se pelo fato da Ressurreição de seu Fundador, o Cristo. Os cristãos assumem sua identidade pela participação na missão que o Pai confiou ao seu Filho: viver e fazer com que todos vivam a vida nova, a atitude recíproca de amar e de servir aos semelhantes.

A transmissão da fé cristã, configurada no Evangelho de Cristo, é possível graças à sua presença vivificadora, transformadora, expressão nítida da ressurreição. Se assim não fosse, impossível seria transmitir e viver os valores da fé cristã. Fé em quem ou em que? Sem a ressurreição a fé se reduziria a uma filosofia, uma doutrina humana, como uma religião a mais ao lado de tantas outras. A fé cristã, baseada na ressurreição, não se confunde com alguma religião. O que difere uma e outra é atuação da presença do ressurreto a agir para além das estruturas humanas. A ressurreição não é monopólio, mas é graça que o Senhor largamente distribui a quem quer. Seu amor infinito, seu poder, sua vida plena não é e nem poderia caber nas delimitações e condicionamentos de uma ou outra religião. A vida plena é a participação na vida divina que Cristo ressuscitado nos mereceu uma vez por todas, superando a morte física, corpórea.

A Ressurreição de Cristo dá o significado pleno à vida, pois é resposta para os que a constroem. A vida é construção divina e humana. Divina porque a vida não nos pertence. Humana porque somos corresponsáveis por ela. A vida terrena passa rápida. A vida humana, divinizada, é páscoa, é passagem permanente para a ressurreição. Os cristãos entendem que o memorial eucarístico atualiza a presença do Senhor, que foi crucificado e morto, porém ressuscitado e oram assim: “Anunciamos, Senhor a tua morte e proclamamos a tua ressurreição. Vem, Senhor Jesus!”. Distingue-se, porém, não se separa a morte da ressurreição. A páscoa de Jesus é o modelo referencial da nossa participação na sua vida em plenitude. Eis o sentido da Páscoa cristã.

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on