Cadastre-se para receber novidades
Artigos » Eventos » Eventos Sub » Artigos » Envelhecer com sabedoria - Ant...
A↑AA↓

Envelhecer com sabedoria - Antonio Geraldo Wolff

Por: Família Missionária

Ficar mais velho é um privilégio e não um problema. É a sublime arte de envelhecer com sabedoria. Não importa a sua escolaridade, seu nível social ou muito menos sua condição financeira. Importa apenas a sua disposição e sua vontade de querer prolongar a sua vida de forma a recompensá-la com muita energia, vitalidade e muita felicidade. Caso contrário, de nada adianta continuar a vida e não poder aproveitar os benefícios de sua experiência adquirida através de tantos anos de vida e tanto conhecimento acumulado. O segredo é simples: é querer!

 Certamente estamos falando de quem tem disponibilidade de tempo para distribuir entre as suas tarefas do dia a dia, suas obrigações e seu lazer. Isso mesmo! O primeiro passo é saber que você tem e terá sempre tarefas a cumprir, como: levantar cedo, dormir cedo, tomar um bom café da manhã, preferir leite desnatado, cuidar sempre de sua boa aparência e de sua higiene pessoal. Nas obrigações: escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia, tomar banho diariamente, colocar roupas limpas todos os dias, afinal nada é mais agradável que uma pessoa limpa e cheirosa, alimentar-se em menor quantidade, porém várias vezes ao dia, preferir saladas e frutas ao invés de frituras ou carnes gordurosas, não dispensar o costumeiro arroz e feijão, e, preferencialmente, evitar os três “pós brancos” mais prejudiciais à saúde: açúcar, sal e farinha de trigo. Para o lazer: não confundir satisfação com prazer. 

 Após um certo caminho percorrido na vida isso é fundamental saber. Bebida alcoólica deve ser ingerida moderadamente, cigarro nunca, não ficar sem dormir ao menos oito horas por dia, caminhar sempre, fazer exercícios físicos se for possível e nunca se esquecer de procurar estar bem consigo mesmo e com os te cercam. Isso não são conselhos médicos, todos conhecem e sabem, mas esquecem.

Com isso, teremos uma vida longa e também muitas recompensas disso. Vejamos: sempre que possível, seja útil, para você mesmo, para os outros ou para a comunidade em que tem convivência. Passeie, procure se divertir, ter amigos, fazer novos amigos, ler bastante, manter-se atualizado e fazer o possível para não ficar querendo consertar o mundo e achando que tudo está errado, pois, não será possível fazer muita coisa pela modernidade, a não ser dar conselhos aos jovens e se esforçar para ser pelo menos um bom exemplo. Veja, isso não depende de do dinheiro que você recebe da aposentadoria e nem do quanto você tem guardado na poupança. Se você quiser, tudo isso pode ser feito dentro das suas possibilidades e sem querer acompanhar as loucuras do mundo globalizado. 

 Mas, não esqueça, você tem que ter um bom relacionamento familiar, uma religião para estar bem com a sua alma, com a sua consciência, em paz consigo mesmo, ser correto e decente. Isso tudo ajudará a você ser mais feliz.  Não existe nada mais ridículo do que pessoas que envelhecem e não descobrem que o comportamento tem muito a ver com a decência pessoal e a aceitação perante o grupo ou os grupos em que está convivendo. Portanto, acima de tudo seja uma pessoa respeitada, admirada e invejada pelo que você é e não pelo que você fez ou foi. Mais do que nunca, para a vida, a impressão não é a última que fica, mas ela fará muita diferença.

 Se tudo isso for colocado em prática, você participará da fase mais feliz da sua vida, pois, estará envelhecendo com dignidade e com sabedoria. O inevitável processo biológico e natural da vida, não necessita só incluir remédios, médicos e meios de proteção a doenças, necessita querer envelhecer com sabedoria. 
Aproveite e descubra: você está se tornando sábio?
 

Antonio Geraldo Wolff, Consultor em Recursos Humanos

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on