Cadastre-se para receber novidades
Artigos » Eventos » Eventos Sub » Artigos » Porque ela mostrou muito amor!...
A↑AA↓

Porque ela mostrou muito amor! - Dom Roberto Francisco Ferreria Paz

Por: Família Missionária

O Evangelho deste Domingo nos apresenta o amor da mulher pecadora que regou com suas lágrimas os pés do Senhor. A cena questiona radicalmente uma propaganda do poder público que foi sustada pelo ministro da saúde: “ Sou feliz por ser prostituta!”.

Pensar que uma mulher pode ser feliz por vender seu corpo a qualquer um, é ter um conceito muito equivocado e certamente contrário a dignidade da mulher.   A prostituição é de veras algo que depõe contra o amor a vocação a que todo o ser humano foi chamado, esta opressão contra a mulher e contra a humanidade deve ser combatida com o abolicionismo.

Não podemos consentir que a prostituição seja um mal menor ou tolerável, e que como sempre existiu temos que nos conformar com regulamentar e aprovar o estatuto da prostituta, dar carteira trabalhista e reconhecer esta “profissão”.   Seria o mesmo que trair o Evangelho de Jesus, a liberdade e dignidade humanas, pois, quando um ser humano vira mercadoria exposta no mercado do prazer, estamos assistindo a negação da sua personalidade.

Jesus não condena e julga as prostitutas, ao contrário, as acolhe em seu Reino chamando-as a o seguirem pelo caminho do verdadeiro amor e da graça, mas sim abomina a situação e a estrutura perversa que leva uma mulher ou homem a se prostituir.

A pastoral da mulher prostituída deve se ocupar com a dignificação e libertação destas pessoas, mostrando que a Igreja é a sua casa, seu lugar, pois o Mestre Divino nos ensina a olhar para estas irmãs com carinho, convidando-as como a todos(as) à conversão de vida,  acolhendo-as e ajudando-as na caminhada, evitando os juízos precipitados e carentes de misericórdia, como os do fariseu do Evangelho.

 

 

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on