Cadastre-se para receber novidades
Artigos » Eventos » Eventos Sub » Artigos » Pés portadores de paz - Dom Lu...
A↑AA↓

Pés portadores de paz - Dom Luiz Demétrio Valentini

Por: Família Missionária

Um bom encontro supõe a aproximação mútua, no gesto simultâneo de cada um sair do seu lugar e ir na direção do outro. O Papa Francisco avisou que já está se preparando para o encontro com os jovens no Rio de Janeiro. O Brasil todo já está vivendo a expectativa para o encontro com ele. Para recolher esta expectativa e dar-lhe consistência, a Igreja no Brasil propôs que façamos desta semana que antecede a chegada do Papa uma “semana missionária”, incentivando gestos de encontros concretos, sob a inspiração do Evangelho de Cristo que enviou seus discípulos a irem “a todos os lugares e aldeias onde ele próprio devia ir”.

Já é tradição na Diocese de Jales, cada ano promover uma “semana missionária”, em alguma comunidade da Diocese, que assim se torna destinatária dos missionários que se propõem visitar as pessoas, para um momento de convívio fraterno e de partilha, tanto das “alegrias e esperanças”, como também das “tristezas e angústias”, como o Concílio nos ensinou a fazer.

No símbolo motivador de cada “semana missionária” sempre consta o desenho de dois pés, em gesto dinâmico da caminhada. Eles lembram as palavras da Escritura que dizem “como são belos os pés daqueles que anunciam boas notícias, portadoras de paz”.

Pois bem, pensando na visita muito especial que teremos neste mês de julho, nossa grande expectativa é que o Papa Francisco traga para todo o povo brasileiro mensagens de paz, palavras de bondade, gestos de reconciliação. Que ele faça ressoar a saudação costumeira dos discípulos do Francisco de Assis, que a todos saúdam com sua mensagem tradicional de “paz e bem!”.
O motivo da visita é o encontro com os jovens. Mas pelas circunstâncias especiais deste evento, nos sentimos todos envolvidos. O Papa chega num momento de interrogações e perplexidades, que o povo brasileiro manifestou de diversas maneiras nesses dias. Nada mais oportuno do que contar neste momento com uma mensagem de esperança, vinda de um Papa que surpreendeu o mundo inteiro com seu testemunho de simplicidade e autenticidade evangélica.

Neste sentido, a figura do Papa Francisco ultrapassa sua condição de “chefe de estado”, ou mesmo de “chefe de uma Igreja”. Sua presença nos envolve a todos. Seu propósito nos alenta. Atravessar continentes para se encontrar com a juventude, é um gesto que o enobrece, e nos motiva, na medida que nos damos conta da importância de valorizar a juventude que se mostra sequiosa de valores verdadeiros, que Cristo oferece a todos.

 

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on