Cadastre-se para receber novidades
Artigos » Eventos » Eventos Sub » Artigos » Casar é acreditar no amanhã - ...
A↑AA↓

Casar é acreditar no amanhã - Frei Almir Ribeiro Guimarães

Por: Família Missionária

Olá, meus amigos! Um homem e uma mulher. A história dele e a história da dela. Os projetos que ele perseguia. Os sonhos e aspirações dela passam a ser vividos no amanha: um sempre estar juntos, a chegada dos filhos e o cuidado por eles, a vitória profissional, a vontade de serem os dois um casal profundamente cristão...

Depois de um tempo razoável de conhecimento ele e ela tomam importante decisão.  Os dois vão rasgar o horizonte que têm diante dos olhos.  Serão um só corpo e um só coração... lutarão para serem um só coração.  Cultivarão o bem querer em todas as ocasiões e em todos os momentos: nas conversas em torno à mesa, carregando o fardo um do outro, vivendo as ânsias mais profundas desse que ela  chama de esposo e dessa que ele chama de esposa.

Há uma palavra dada. Um sim que vai além do instante fugidio uma festa. Uma promessa. Um desejo  de perceberem aquilo que brota da novidade do outro. Não se trata de assinar um papel, de juntar coisas, de ter contas de banco comuns, mas de um empenho sempre retomado de busca de cumplicidade, de companheirismo, vontade de começar tudo de novo, sempre de novo.

E dentro do coração dele e do coração dela o desejo de verem seu bem querer feito carne, feito história nova, feito criança, feito menino, feito menina.  Apostam em seu benquerer e tanto apostam que têm a coragem de colocar filhos no mundo, sem medo, com confiança no amanhã. Esses novos seres poderão e deverão se alimentar do benquerer que existe entre ele e ela. Pena quando esse bem querer acaba e as crianças tremem de frio a vida toda.

Os que se casam apostam na força do sim sempre fazendo com que seu casamento não seja mesmice, ninharia, coisa pequena, coisa tão insignificante que possa acabar sem luto e sem tristeza.

Os que se casam não precisam de coisas exóticas, de noites sofisticadas, mas simplesmente querem viver o dia a dia, com sol ou chuva, saúde e doença, larguezas e estreitezas... uma vida marcada por um benquerer que não é de brincadeira. 

Que Deus do céu olhe todos os casais e que eles  sejam sólidos como a rocha.

Muito obrigado pela sua atenção e até uma outra vez se Deus quiser.

Frei Almir Ribeiro Guimarães

 


 

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on