Cadastre-se para receber novidades
Artigos » Eventos » Eventos Sub » Artigos » Missão com Inspiração - Dom Pe...
A↑AA↓

Missão com Inspiração - Dom Pedro Brito Guimarães

Por: Família Missionária

“Inspiração”, esta palavrinha do nosso vocabulário, comumente empregada para caracterizar o trabalho de hagiógrafos, profetas, poetas e artistas, deverá servir agora para caracterizar o trabalho missionário da Igreja no Brasil. Nunca uma palavra é tão bem-vinda como esta, nesta contagem regressiva para o 3º Congresso Missionário Nacional. Quando falta inspiração no trabalho da Igreja, sobra transpiração. Este perigo é real. A fé sem inspiração é fé sem missão. Um dia sem inspiração é um dia sem missão e um dia sem missão é um dia sem inspiração. Sem inspiração facilmente caímos na rotina. Um dia sem inspiração e sem missão é um dia de cansaço, de enjôo, de fadiga e de tédio.

Concretamente, uma Igreja sem inspiração é uma Igreja sem missão. Missão sem inspiração é propaganda. Missão sem inspiração é como, para muita gente, um dia sem uma xícara de café. Café para mim é uma fonte de inspiração. Quando estou cansado, repetitivo e sem inspiração, tomo um gole de café e logo me vem a inspiração. Se até uma simples xícara de café faz a diferença no ser humano, imagine o que fará a inspiração divina, o sopro de Deus, a iluminação do Espírito na mente e no coração da Igreja missionária, como aconteceu com os escritores sagrados.

“Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2Tm 3,16-17). Sob este tipo de inspiração, João escreveu um belo texto sobre a missionariedade de Deus, nosso Pai e de Jesus, nosso Irmão. Jo 3,16 é o coração missionário da Bíblia, pois, revela o ardor e o amor missionário de Deus. Este texto é modelo para ação missionária da Igreja. Os agentes deste ardor missionário são o Pai que envia seu Filho ao mundo; o Filho, o enviado; o mundo como alvo; o amor como o propósito; e a missão: salvar o mundo.

Agora, inspirados por este texto, deveríamos nos perguntar: hoje quantos pais desejam ver seus filhos missionários e em missão? Quantos filhos obedecem aos desejos missionários de seus pais? E quantos dão o melhor que possuem para salvar o mundo? Deus, nosso Pai e Jesus, nosso Irmão, sob a inspiração do Divino Espírito Santo, são modelos de missionariedade.

O Brasil missionário, portanto, precisa muito desta inspiração para realizar este Congresso Missionário: inspiração para organizar o Congresso; inspiração para preparar os delegados; inspiração para realizar este Congresso. E Palmas precisa de inspiração para se preparar bem para acolher os missionários do Brasil, para participar e aplicar as lições do referido Congresso. Então, inspiração para os organizadores, os assessores e os delegados e inspiração para a Igreja hospedeira e para os hospedeiros.

Portanto, não se vive sem inspiração e sem missão. Precisamos rezar muito, o quanto antes, antes que seja tarde, pedindo inspiração: “livrai-nos, Senhor, de um dia sem inspiração e sem missão!” Lembro aquela frase da Prece Eucarística VI D: “Inspirai-nos palavras e ações para confortar os desanimados e oprimidos...”

Não queremos nada e nem ninguém, neste Congresso, sem inspiração missionária, satisfeitos com o que já disseram e já fizeram pela missão. Estes são sinais de missão sem inspiração. Queremos um Congresso de pessoas inspiradas por Deus, que querem ser mais e fazer mais pela missão.
 

voltar

© Todos direitos reservados - Familia Missionária. design by ideia on